O Município

Dados do município/localização

Aniversário: 30 de agosto
Fundação: 30/08/1897
Gentílico: Limoeirense
Unidade Federatíva: Ceará
Mesoregião: Jaguaribe
Microregião: Baixo Jaguaribe
Distância para a capital: 198,00

Dados de características geográficas

Área: 752,00
População estimada: 56264
Densidade: 75,00
Altitude: 70
Clima: Semi-Árido
Fuso Horário: UTC-3
Existem muitas controvérsias sobre a origem do nome da cidade. Uma das correntes diz que o topônimo limoeiro é uma alusão as plantações de limoeiros feitas pelos índios Paiacu. Outra tese muito forte é de que se deve ao Sítio Limoeiro da família Rodrigues que veio de Pernambuco no século XVIII. Sua denominação original era Vila de São João do Jaguaribe, depois Vila do Limoeiro. Desde 1943, a cidade passou-se a se chamar Limoeiro do Norte para distingui-la do topônimo Limoeiro, do município do estado de Pernambuco.
As terras da ilha fluvial formada pelos rios Jaguaribe e Banabuiú e pelas suas respectivas margens eram habitadas por diversas etnias Tapuias, entres elas os Paiacu.
Com a definitiva ocupação do território do Ceará na segunda metade do século XVII, chegaram os portugueses oriundos do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco nesta região, a qual a exploraram em seus mínimos detalhes. Depois de combates que fizeram parte da Guerra dos Bárbaros, a construção da Fortaleza Real de São Francisco Xavier da Ribeira do Jaguaribe e o deslocamentos dos indígenas, nestas terras foram implementadas a pecuária, o que foi o impulso decisivo para o estabelecimento e surgimento deste núcleo agropecuário. O desenvolvimento urbano deu-se ao redor da capela de Nossa Senhora da Conceição( hoje em dia Diocese), que foi construída a partir de 1845, quando Limoeiro do Norte pertencia a São Bernardo de Russas, ainda por cima tem se uma história de que a cidade é chamada de Limoeiro, devido ao primeiro pároco da Igreja Matriz ter plantado um limoeiro, e assim a cidade acabou com esse nome.
A cidade de Limoeiro do Norte possui um centro cultural com teatro (Centro Cultural Márcio Mendonça), cinema com dois salas de cinema (Cinema Francisco Lucena), biblioteca municipal (Dr. João Eduardo Neto) e museu (Museu da Imagem e do Som) no NIT.

Há no município de Limoeiro do Norte grupos de danças folclóricas, quadrilhas juninas, repentistas, artesões que trabalham com a cantaria, cerâmica e a palha da carnaúba.
Administração pública

Executivo
A prefeitura municipal de Limoeiro do Norte localiza-se no centro da cidade. Desde 1971, a prefeitura municipal passou a funcionar no Edifício Irapuan Dinajá Feijó, na Rua Coronel Antônio Joaquim.[28] A lista de prefeitos de Limoeiro do Norte reflete as inúmeras disputas familiares que ocorreram na região.

Legislativo
A Câmara Municipal) de Limoeiro do Norte localiza-se no Paço Municipal (que já foi sede da Cadeia Municipal e da Prefeitura), na Rua Coronel Malveira, centro da cidade. É composta atualmente por 15 vereadores.

Judiciário
Limoeiro do Norte é sede de vários órgãos judiciais, como a Procuradoria da República, Subseção da OAB-CE, 15ª e 29ª Varas da Justiça Federal, Vara da Justiça do Trabalho, entre outros.
SUBDIVISÃO:
O município é dividido em dois distritos, Limoeiro do Norte (sede), e Bixopá. Em 2016, o distrito de Tomé passou a fazer parte do município de Limoeiro através da Lei estadual 16.198/2016 que foi publicada no Diário Oficial do Estado em 16 de janeiro de 2017. Além dos dois distritos, também conta com inúmeros bairros e comunidades, podendo serem citados o Centro, Santa Luzia, Dr. José Simões, João XXIII, Luís Alves de Freitas, Antônio Holanda de Oliveira, Bom Nome, Bom Fim, Ilha de Santa Terezinha, Socorro, Brotolândia, Pitombeira, Monsenhor Otávio, Contorno Leste, Bom Jesus do Cruzeiro, Córrego de Areia, Milagres, Arraial, São Raimundo, Canafístula, Santa Maria, Várzea do Cobra, Sítio Congo, Espinho, Danças, Pedra Branca, Cabeça Preta, Sapé, Ingarana, Malhada, Gangorra, entre outros.

DEMOGRAFIA:
A população do município de Limoeiro do Norte é a 25° maior do estado do Ceará, porém é a cidade com maior densidade demográfica do Vale do Jaguaribe, segundo o IBGE.

População por gênero (IBGE 2010)
Gênero Unidade Porcentagem
Mulher 29.708 51,01
Homem 28.773 48,99

ECONOMIA:
A economia de limoeiro do Norte está em crescimento, é um dos 15 maiores PIB´s e um dos 10 maiores PIB´s per capita do estado do Ceará, ao lado de outros 14 municípios do estado do Ceará representam mais de 70% do PIB estadual.

Composição Econômica de Limoeiro do Norte
Setor primário 42,94 %
Setor secundário 14,29 %
Setor terciário 44,82 %


Hino do Município de Limoeiro do Norte

Hino de Limoeiro do Norte

Limoeiro, Limoeiro
Cantamos em seu louvor!
Tu és bandeira de glória
No mastro do nosso amor
És escola e oficina
De um povo trabalhador

Outrora gigantes bravos
Que no teu seio aportaram
Eram também bandeirantes
Que o Jaguaribe cruzaram!
Sem esmeraldas nos sonhos,
A terra boa encontraram

Limoeiro, Limoeiro...

No palco nobre da vida,
Soprou-te a aura envolvente!
Puseste as mãos em teu campo
Plantaste nele a semente;
Tua cidade floresce
Neste Brasil continente

Limoeiro, Limoeiro...

Tuas planícies nos mostram,
A luta que nos apraz
A busca pelo saber,
Pelo trabalho que faz
Erguer a fronte do povo,
Amar a fonte da paz.

Limoeiro, Limoeiro...

Que belas carnaubeiras
Volteiam tua paisagem!
São vincos que te sustentam,
São elos da tua imagem...
Por si, sós, uma aquarela,
Incentivando coragem.

Limoeiro, Limoeiro...

O Jaguaribe em teu seio,
Sereno, doce, a correr,
Projeta veias profundas
No solo que vai beber
As águas que passam nele,
Impondo o lema - VENCER!

Hino


Brasão do Município


NOTÍCIAS

| 04 DE FEVEREIRO DE 2019

O livro didático tem suma importância para o processo de aprendizagem no desenvolvimento do ser humano como aluno

#Agenda | 31 DE JANEIRO DE 2019

Quem cuida da mente, cuida da vida!

#Agenda | 31 DE JANEIRO DE 2019

Elaborar o plano de trabalho, as metas e planejamento para o ano de 2019

#Empreendedorismo | 21 DE JANEIRO DE 2019

A prefeitura em parceria com o Governo do Estado oferta curso de Eletricista Predial

#Emprego | 21 DE JANEIRO DE 2019

Os jovens além de serem remunerados com salário de R$ 680,00 por mês, ainda recebem 02 uniformes, material didático e lanche